???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unifacs.br/tede/handle/tede/886
Tipo do documento: Dissertação
Título: Microcrédito como estratégia de geração de emprego e renda: uma agenda política e econômica necessária
Autor: Brito, Marcus Paulo Neves
Primeiro orientador: Torres, Cláudia Regina de Oliveira Vaz
Primeiro membro da banca: Torres, Cláudia Regina de Oliveira Vaz
Segundo membro da banca: Ribeiro, Mônica Matos
Terceiro membro da banca: Rodrigues, Lívia da Silva Modesto
Resumo: Microcrédito, como instrumento impulsionador de iniciativas microempreendedoras, tem o potencial de aquecer as economias locais, tem sido usado como ferramenta de combate à pobreza e diminuição da exclusão social. Esta pesquisa propôs analisar o microcrédito no Brasil, bem como as políticas do setor à luz do Programa Nacional de Microcrédito Produtivo e Orientado, para isso, utilizou-se de abordagem qualitativa, pesquisa descritiva e exploratória, bem como pesquisa bibliográfica e análise documental. Estudos mostraram relação de causalidade entre crédito, inclusão financeira e crescimento econômico e social, países com as maiores oferta de crédito em suas economias e com sua população com maiores índices de bancarização, são exatamente os que possuem os melhores PIBs per capta, bem como os maiores indicadores de desenvolvimento humano. As iniciativas regulatórias têm balizado os avanços no setor, a agenda política do segmento só ganhou força nos anos 2000 com a aprovação de leis que deram as bases para o crescimento da oferta de microcrédito ocorrida a partir de 2005. Todavia, considerando sua importância, essa agenda ainda não ocupa o devido espaço no meio político e econômico, existem diversos atores atuando neste mercado sem um planejamento setorial consistente e estruturado, de forma que o setor ainda se apresenta pouco atraente para as instituições financeiras tradicionais e hostis para as entidades microfinanceiras. Consequentemente, os reflexos são poucas instituições operando com a baixa penetração. A pesquisa de campo apontou as dificuldades do empreendedor popular em ter acesso às linhas de microcrédito, sobretudo pela pouca oferta neste mercado e pela existência de restrições cadastrais do tomador, reforçou a importância do agente de crédito na orientação dos mutuários e concluiu que é necessário fortalecer as políticas públicas que estimulem o mercado, em especial por parte dos municípios e dessa forma foi elaborada uma proposta de política pública municipal que poderá servir de base para implementação em qualquer município do país. O fortalecimento do segmento constitui estratégia necessária e relevante para redução da desigualdade socioeconômica.
Abstract: Microcredit, as an instrument to boost micro-entrepreneurial initiatives, has the potential to heat up local economies, and has been used as a tool to fight poverty and reduce social exclusion. This research proposes to analyze microcredit in Brazil, as well as the policies of the sector in the light of the National Program for Productive and Oriented Microcredit, for this, it used a qualitative approach, descriptive and exploratory research, as well as research bibliographic and documentary analysis. Studies have shown a causal relationship between credit, financial inclusion and economic and social growth, countries with the largest credit supply in their economies and with their population with the highest levels of banking, are exactly those that have the best GDPs per capita, as well as as the greatest indicators of human development. Regulatory initiatives have guided the advances in the sector, the political agenda of the segment only gained strength in the 2000s with the approval of laws that laid the foundations for the growth in the supply of micro-credit that took place from 2005 onwards. However, considering its importance , this agenda still does not occupy the proper space in the political and economic environment, there are several actors acting in this market without a consistent and structured sectorial planning, in a way that the sector is still unattractive for traditional financial institutions and hostile to the microfinance entities. Consequently, the reflexes are few institutions operating with low penetration. The field research pointed out the difficulties faced by popular entrepreneurs in having access to microcredit lines, especially due to the low supply in this market and the existence of registration restrictions on the borrower, reinforced the importance of the credit agent in the orientation of borrowers and concluded that it is necessary to strengthen public policies that stimulate the market, especially on the part of the municipalities, and in this way a proposal for a municipal public policy was prepared that could serve as a basis for implementation in any municipality in the country. Strengthening the segment is a necessary and relevant strategy to reduce socioeconomic inequality.
Palavras-chave: Microcrédito, microfinanças, política pública.
Área(s) do CNPq: Direito
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Salvador
Sigla da instituição: UNIFACS
Departamento: Direito
Programa: Direito
Citação: Brito, Marcus Paulo Neves. Microcrédito como estratégia de geração de emprego e renda: uma agenda política e econômica necessária. 2022. [132 f]. Dissertação (Direito) - UNIFACS, Salvador, 2022.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unifacs.br/tede/handle/tede/886
Data de defesa: 23-Mar-2022
Appears in Collections:Desenvolvimento Regional e Urbano
Desenvolvimento Regional e Urbano

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARCUS PAULO NEVES BRITO.pdf1,85 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.