???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unifacs.br/tede/handle/tede/619
Tipo do documento: Dissertação
Título: Portal Sul da Chapada Diamantina: diagnóstico e os caminhos para o desenvolvimento
Autor: SOUTO, Roberto Lucas Spínola
Primeiro orientador: SPINOLA, Noelio Dantaslé
Primeiro membro da banca: REIS, Renato Barbosa
Segundo membro da banca: SANTANA JUNIOR, Gildásio
Resumo: Esta dissertação tem por objetivo compreender quais as reais necessidades para o desenvolvimento da região Portal Sul da Chapada Diamantina estão sendo contempladas pelas políticas implementadas pelo poder público. O estudo de caso se dá através da compreensão das reais necessidades da região a partir da pesquisa documental de dados secundários, entrevistas semiestruturadas com representantes governamentais e da sociedade e da pesquisa de campo, com investigação “in loco” pelo autor, para posterior análise de quais destas necessidades estão sendo contempladas nas ações do poder público. O trabalho se inicia com a revisão bibliográfica abordando o conceito de região, essencial para o recorte espacial e definição da poligonal a ser estuda; a relação de hierarquia que se estabelece entre as cidades e a organização em redes urbanas, visando a compreensão do arranjo formado pelos municípios; e, relata os instrumentos de planejamento municipal e a proposta de regionalização do Estado da Bahia, como demonstrativo das diferentes escalas de atuação do poder público no fomento ao desenvolvimento. São realizadas breves considerações sobre as teorias de desenvolvimento regional – contemplando clássicos como Perroux, Myrdal, Hirschman, Rostow, RosenstienRodan, Nurkse e North - e as discussões mais recentes sobre o desenvolvimento endógeno e local, pois as mesmas representam “modelos” do caminho que deve ser percorrido para que se alcance o desenvolvimento. Após a delimitação da região Portal Sul da Chapada Diamantina, apresenta-se uma análise socioeconômica e é avaliada a atuação do Estado diante das necessidades para o desenvolvimento econômico e social da região. Verificou-se que a atuação do poder público não contempla as reais necessidades da região. Tal fato está relacionado a baixa capacidade de investimento das prefeituras e falta de unidade política que dificulta a obtenção de recursos junto aos demais entes federativos. Atualmente, a renda na região é dependente do poder público. O setor agrícola que representava a principal fonte de renda da região entrou em declínio devido a falta de infraestrutura hídrica adequada, potencializando as consequências da seca. O turismo é pouco explorado e não se tem, no curto prazo, perspectivas com relação à exploração mineral na região, frente à ineficiência da infraestrutura logística. Os avanços na área de saúde, especialmente no setor privado, apresentam boas perspectivas de que os investimentos permaneçam. A dificuldade em garantir condições adequadas às estradas vicinais e a falta de energia elétrica em número considerável de propriedades representam um empecilho à agricultura familiar, importante elemento na distribuição da renda. Ressalta-se a falta de uma classe empresarial, pois mesmo diante das vantagens comparativas da região, pouco é feito, aumentando o grau de dependência das ações governamentais. O baixo grau na cobertura da rede de esgotamento sanitário e de distribuição de água pode estar vinculado à maior vulnerabilidade a doenças para àqueles que residem em áreas não contempladas pelos serviços e a necessidade de se buscar formação técnica ou superior em outras regiões ajuda na perpetuação do “privilégio” das famílias de maior renda
Abstract: This dissertation aims to understand what the real needs for the development of the region South Portal of the Chapada Diamantina are being contemplated by the policies implemented by the public power. The case study is carried out through the understanding of the real needs of the region from the documental research of secondary data, semi-structured interviews with government and society representatives and field research, with research "in loco" by the author, for later analysis of which of these needs are being contemplated in the actions of the public power. The work begins with a bibliographical review approaching the region’s concept, essential for the spatial clipping and definition of the polygon to be studied; The relation of hierarchy that is established between the cities and the organization in urban networks, aiming at understanding the arrangement formed by the municipalities; and report the instruments of municipal planning and the proposal of regionalization of the State of Bahia, as a demonstration of the different scales of public power in promoting development. Brief considerations on regional development theories are made - looking at classics such as Perroux, Myrdal, Hirschman, Rostow, Rosenstien-Rodan, Nurkse and North - and to the more recent discussions on endogenous and local development, since they represent "models" of the path that must be taken to achieve development. After the delimitation of the region South Portal of the Chapada Diamantina, a socioeconomic analysis is presented and the State's performance is evaluated in the face of the needs for the economic and social development of the region. It was verified that the performance of the public power doesn't contemplate the real needs of the region. This fact is related to the low investment capacity of municipalities and lack of political unity that makes it difficult to obtain resources from other federal entities. Currently, income in the region is dependent on public power. The agricultural sector that represented the region's main source of income declined due to a lack of adequate water infrastructure, potentializing the consequences of drought. Tourism is little explored and there is no prospect in the short term regarding mineral exploration in the region, due to the inefficiency of the logistics infrastructure. Advances in the health sector, especially in the private sector, present good prospects for investments to remain. The difficulty in guaranteeing adequate conditions to the vicinal roads and the lack of electric power in a considerable number of properties represent a hindrance to the familiar agriculture, important element in the distribution of the income. The lack of an entrepreneurial class is highlighted, since even in the face of the comparative advantages of the region, little is done, increasing the degree of dependence on governmental actions. The low degree of coverage of the sewage and water distribution network may be linked to greater vulnerability to diseases for those residing in areas not covered by the services and the need to seek technical or higher education in other regions helps in the perpetuation of "privilege" of higher income families
Palavras-chave: Análise socioeconômica
Cidade e região
Desenvolvimento regional
Livramento de Nossa Senhora
Portal Sul da Chapada Diamantina
Área(s) do CNPq: Ciências Humanas
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Salvador
Sigla da instituição: UNIFACS
Departamento: Desenvolvimento Regional e Urbano
Programa: Desenvolvimento Regional e Urbano
Citação: SOUTO, Roberto Lucas Spínola. Portal Sul da Chapada Diamantina: diagnóstico e os caminhos para o desenvolvimento. 2017.190 f. : il. Dissertação ( Mestrado em Desenvolvimento Regional e Urbano) - UNIFACS Universidade Salvador, Salvador 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unifacs.br/tede/handle/tede/619
Data de defesa: 20-Jun-2017
Appears in Collections:Desenvolvimento Regional e Urbano

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Parecer Tecnico ABNT ROBERTO LUCAS SPÍNOLA SOUTO 20175.pdfParecer Tecnico ABNT ROBERTO LUCAS SPÍNOLA SOUTO 20175.pdf2,97 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.